Ultras unidos contra a repressão!

donativo

Já não é novidade para ninguém a repressão policial que se tem vindo a fazer sentir nos recintos desportivos em Portugal, neste caso mais concreto em Alvalade que tem vindo a tornar-se num hábito.

São muitas as vezes em que um ambiente de festa é estragado, gerando-se um clima de tensão e confrontos desnecessários por motivos que na maior parte dos casos poderiam ser resolvidos de outra forma, não fosse haver uma necessidade de afirmação e de querer mostrar serviço à força toda. Sim, mostrar serviço à força sem olhar a meios para atingir os seus fins! Quantas vezes não foram acusadas pessoas inocentes apenas e só porque tinham de ter alguém para apontar o dedo e justificar o seu trabalho?! Pior ainda, já aconteceu mesmo alguém ser acusado de actos punidos por lei quando essa mesma pessoa nem sequer tinha estado presente no local da ocorrência… mas no final, no frente a frente, uma palavra contra a outra, irá sempre prevalecer a palavra de um agente da autoridade, independentemente de ser verdadeira ou não, complica-se a vida de um inocente quando a outra parte sai a rir e pronta para mostrar mais serviço!

São situações como estas que geram revolta, revolta esta muitas vezes incompreendida por quem assiste de fora, julgando apenas as aparências quando estas iludem. Com isto pretendemos sensibilizar-vos para este tipo de situações cada vez mais comuns para quem marca presença assídua nos jogos do Sporting Clube de Portugal, ontem foi o “Manuel”, hoje a “Maria”, amanhã podes ser tu ou um amigo teu… actos como estes, de baixo nível, terão de ser expostos para que não se repitam, fica atento!

Iremos ter várias iniciativas, tais como rifas para sorteios, t-shirts de apoio à causa, tudo com a finalidade de angariar fundos para ajudar quem se encontre numa situação destas.

T-Shirt "Ultras Unidos contra a Repressão"

T-Shirt “Ultras Unidos contra a Repressão”

No seguimento do que foi dito, apresentamos um relato de uma pessoa afectada e que merece o nosso apoio:

SAUDAÇÕES ULTRAS,

Caros amigos, o objectivo deste texto é dar a conhecer uma situação, entre muitas que ocorrem com os ultras deste país, e particularmente com os ultras afectos ao SPORTING CLUBE DE PORTUGAL.

A situação é grave, pela qual optei por não pronunciar quaisquer nomes referidos neste processo, que decorre em tribunal desde 2011. A quem decidir, de livre vontade, contribuir para esta causa e quiser saber mais pormenores da pessoa em causa, deve contactar o responsável do nosso grupo.

Sim o nosso grupo, ao qual eu pertenço com muito orgulho, DIRECTIVO ULTRAS XXI, grupo que ao longo dos anos aprendi a amar, viver e defender.

Todos se recordam do “especial” SPORTING vs. Atlético de Madrid a contar para a edição de 2011 da Liga Europa, em que vários foram os acontecimentos, desacatos, confrontos, etc…

Eu estou a ser acusado, e posso referir que não sou o único envolvido, de vários crimes contra o Estado Português, onde me acusam de danificar viaturas da P.S.P. e causar “avultados” danos e consequente reparação.

Ora, a reparação da viatura da P.S.P. em causa, é cerca de 2.400€, valor que para mim, nos tempos que correm é insustentável e daí a realização deste peditório.

Além disto, eu já gastei um valor, neste momento incalculável em honorários de advogados, testemunhas, provas e procurações…tudo isto infelizmente tem custos bastante elevados.

Estas situações podem ocorrer com qualquer ULTRA, e penso que é legítimo dizer que é nosso dever, dos ULTRAS, apoiar quem se depara com estas dificuldades.

Neste momento conto com o apoio da Associação Directivo Ultras XXI, que tem sido incansável na busca de uma solução para me apoiar, como membro que sou.

Devido a isso, o meu apelo é para que caso queiram, e repito, caso queiram, entrem e apoiem as iniciativas do DIRECTIVO, a fim de conseguirmos angariar fundos para poder ajudar a pagar as multas, indeminizações e custas deste processo.

O grupo vai dar início a uma série de iniciativas especiais, direccionadas para esta situação, e como tal, gostava de contar com o vosso apoio… mas, relembro que ninguém tem a obrigação de ajudar.

Deixo só uma nota pessoal, se fosse um de vocês que estivesse nesta situação, eu seria o primeiro a contribuir com o que pudesse, dentro das minhas possibilidades/limitações, mas se todos pensarmos assim, tudo se torna mais fácil…até para prevenir futuras situações semelhantes.

Escusado será dizer que quem quiser contribuir, já sabe onde tem que se dirigir e com quem tem que falar…DIRECTIVO! UM POR TODOS… E TODOS POR UM!

SAUDAÇÕES LEONINAS
UM ULTRA DE ALVALADE

2 thoughts on “Ultras unidos contra a repressão!

Leave a Reply