Crónica:”fanático”

Desde criança que sou “fanático” pelo Sporting CPhist_1956. Primeiro seguia-o em casa, pela TV e rádio,dentro de mim sempre os sentimentos à flor da pele que tinha que os conter, se me expressasse, sairiam de forma descontrolada,  logo os pequenos mal estares consequentes eram suportados pelo simples facto de ter o privilégio de ver os artistas e ouvir as bancadas e quantas vezes a vontade de partir a tv e o rádio!

Anos e anos a seguir o meu clube pela tv ou radio, um mundo pelo qual eu já me fascinava, ainda mais porque estava fora do meu alcance. Tudo bem, a minha paixão não se abalava, muito menos por nunca ter visto o clube a conquistar um dos troféus importantes e os meus amigos que torciam por outros clubes, a aproveitarem para picar, se fosse comigo, numa boa, nem ligava muito, agora quando era com o “meu” Sporting CP ou com algum dos meus, a conversa era outra, e Eu tinha de lhes baixar o piu , o que me lembro é que estava sempre pronto para tais “guerras frias”, e não me deixava abater. Mesmo sem conhecer a realidade e só o vivendo através de experiências relatadas, sentia como se pertencesse aquele Mundo.

Até que ao meu 15° aniversário e até porque sempre me saí razoavel na escola. O prémio maior, os meus pais fazem-me sócio do Sporting CP, e começa uma nova aventura na minha vida, entrei no Mundo, que até ali só na minha imaginação, e deve ter batido todas as expectativas, pois até agora ainda não saí, e mais, a chama, o entusiasmo, a alegria desse primeiro momento ainda não diminuiram, ainda hoje pareço um puto que ganhou o brinquedo novo.

Escusado será de dizer, que os jogos em Alvalade são seguidos das bancadas com regularidade desde que me tornei sócio. E com o passar do tempo, e ao começar a trabalhar e a ganhar os meus primeiros cobres, comecei a seguir o Sporting CP também nos jogos fora. E por feliz coincidência, o faço desde que existe o Directivo Ultras XXI, claque com a qual me fiz acompanhar em todos os jogos fora de Alvalade, durante um tempo ainda sem pertencer ao grupo, seguia como adepto, pois em Alvalade estavamos em topos opostos. Entretanto faço-me sócio deste maravilhoso grupo e a mudança para o melhor sector do estádio tornava-se inevitavel.

Nós queremos partilhar estas experiências com os verdadeiros sportinguistas, mas também só queremos aqueles que realmente também o queiram, pois para se fazer festivais, os números podem ser importantes, mas para se fazer magia, para realmente não deixar viva alma indiferente, ultras motivados e com o espirito em alta é, a meu ver, o mais importante. E quem não gosta de poder atingir niveis a roçar a perfeição?

Directivo Ultras XXI

“Com o Sporting CP na mente!”

Sporting CP Sempre, Obrigado

Sócio efectivo: 234

Leave a Reply