Comunicado: Minuto de Silêncio no Estoril

Na sequência das críticas feitas por órgãos de comunicação social, por uma boa parte de comentadores desportivos e algumas opiniões públicas das diversas áreas da sociedade portuguesa, relativamente ao desrespeito do minuto de silêncio pela morte do Eusébio, vem o Directivo Ultras XXI demarcar-se de tal iniciativa, uma vez que nunca apoiaremos ou festejaremos a morte de alguém, não relacionando nem nos deixando influenciar pela cor clubística!

Numa moldura humana como a que se verificou neste jogo, torna-se impossível impedir a liberdade de expressão. O Directivo, como grupo organizado que é, não fez qualquer tipo de incentivo para que tal acontecesse, pelo contrário, a causa do grupo era outra, como foi visível, no minuto de silêncio, foram erguidas frases relativamente aos preços dos ingressos para este jogo e foi nisso que nos focámos.

Entendemos mas não apoiamos estes actos isolados, tal como recriminámos o desrespeito pela memória do nosso símbolo Travassos! O malogrado foi em vida uma pessoa que por diversas vezes proferiu comentários deselegantes e nada respeitadores da grandeza e história do Sporting Clube de Portugal, mas nunca utilizaríamos isso como motivo para o desrespeito da sua memória e da dor dos familiares!

Somos um Clube diferente, somos Ultras diferentes, com princípios e com a real consciência do valor da vida humana! Entendemos que a indignação dos simpatizantes do clube de Eusébio, não é adequada, não é justificada e que devemos recriminar também os comentários insultuosos que infelizmente têm sido dirigidos aos grupos organizados de adeptos do Sporting Clube de Portugal, grande parte deles por pseudo-inteligentes, que se denominam de pessoas de altos valores morais e sociais!

A nossa “festa” é pelo Sporting Clube de Portugal, pelo Sportinguismo, sendo que isso é sinónimo de alegria, paixão, companheirismo, espírito e de uma atitude de inigualável amor ao Clube!

Coerência, honra e fidelidade… eis a nossa mentalidade!

Leave a Reply